viva ela está viva

Respondendo ao post do dia 04/10: Lya, tu sobreviveu.

Eu sobrevivi.

Quando a gente precisa, nasce braço da gente até de onde não tem (?) para dar conta de tudo, mas eu consegui. Portanto, neste cativeiro que chamei de casa, nada muito emocionante aconteceu. As poucas foram: estava viva para completar meus 31 anos, dia 17/10. TRINTA E UM ANOS, meu deus, o que estou fazendo aqui.

img_4193

Neste dia, almocei no Mercado São Jorge e dei uma voltinha pelo galpão. No fim do dia, meus pais vieram me visitar. Eu estava sem muita energia, mas também não precisava passar em branco. Sempre bom ter quem a gente ama perto. As flores minha mãe me deu (e hoje é dia 26 e elas ainda estão aqui) (:

Tive encontro com amigas também. E estava pra tirar foto da última prateleira do aparador novo, onde organizei os globinhos da saudade, haha.

img_4210

E meu instagram foi indicado no blog da Imaginarium! No post ‘5 perfis de Instagram de decoração que você tem que seguir’!

14650456_10153965643026569_7313485244242329237_n

Espero o ano inteiro e outubro passa rápido demais por aqui  ):

força

Eu vou ser feliz demais se estiver viva e existindo no dia 17 de outubro, meu aniversário.
Estou aqui num modo 200 km/h, de manhã, de tarde e de noite (eu sabia que seria assim) e torcendo para não ter uma úlcera. Outros sintomas já sei que apareceram, afinal, me conheço muito bem. São 23:58 e terminei tudo por hoje.

Mas antes disso, eu saí de casa sim, veja só.

Sábado foi aniversário do meu querido e entre outras coisas, fomos ao CIC/MASC ver a exposição linda sobre Gaudí. Esta exposição veio por conta do sucesso que foi a de Miró, que visitei também. Espero que, novamente, traga mais uma. Minha cidade é muito carente nesse quesito.

img_4064

Também saí de casa para ver o bebê mais fofo da terra nos dias de hoje.

img_3941

Estes são dois bobos com a Isabela, primeira filha de nosso amigo coreano. Obviamente, olho puxado demais. Minhas caras estão horríveis, mas ela está linda, é o que importa.

img_4076

img_4077

E também recebi visita em casa, e como precisa estar tudo bem, fui buscar flores para enfeitar. Comi um belo de um churrasco em plena quinta-feira na sacada de casa. Nada mal, rapaz.

img_3981

E por falar em casa, finalmente o cantinho vazio da sala ganhou um móvel! O aparador do Estudio Claro coube direitinho e ficou como eu queria. É todo de aço e possui 3 prateleiras.

img_3969

img_3968

img_3992

O quadro é da Estampapas, resolvemos deixá-lo apoiado e não pendurá-lo. O vaso de couro é da Rahyja Afrange, disponível na Galeria Nacional, os castiçais comprei no Etsy faz dois anos e estavam guardados até hoje, haha. Madeira maciça e desenho dinamarquês, como sempre gostei. A luminária já tínhamos, mas estava no aparador da tv e foi relocada, é do Alberth Diego. Também passei para ele a mãozinha e a vela que trouxe de viagem, que eu já havia mostrado aqui. Só esqueci de fazer a foto da parte de baixo, haha.

Mas me perdoem, porque agora vou dormir.

nossa, muitas compras

Queria dizer que eu sou a feliz proprietária de um Vinícius.
Realizadérrima como mãe.

Voltemos à programação normal.

Aqui vocês podem ver alguém achando que é modelo, porém não é a realidade e ela sabe. Eu apenas disse: frank, podes tirar foto do meu presente? Oitenta fotos depois, escolhi 1. Mas porque o body lindo (convenhamos) ganhei dele e resolvi usar num dia estranhamente de tempo agradável nesta ilha.

img_3796

E olha ela, cheia de compras, vamos lá:

Eu queria muito ter o livro da Kinfolk sobre interiores desde o lançamento. O preço em Golpitos (Gψ) é impraticável, mas em dólar acabou saindo pela metade. Comprei pela Amazon e chegou em 5 dias (sem taxas, já que livros não são taxados pela receita). Recomendo demais para quem gosta deste tipo de estética. A revista com toda certeza tu já viu por aí. Da mesma coleção, existe o livro da Kinfolk sobre culinária, o Kinfolk Table.

img_3890

Na seção beleza, eu estava procurando uma máscara dessas verdes horrorosas, de ficar na cara até secar. Fui pro site da Lush ver qual era a mais indicada da marca e aparentemente todo mundo indica uma só: Mask of Magnaminty. Comprei o pote menor, por conta da validade (já que é tudo natural, o prazo é mais curto), e mesmo assim vem o suficiente para fazer toda semana por uns meses. E além de máscara, ela vem com ingredientes esfoliantes. A pele fica bem lisa e macia, recomendo.

img_3799

Estragada a saboneteira do banheiro do meu quarto, demorou um pouco para eu ter a ideia de comprar o outro modelo da Pomelo que tenho no outro banheiro. Meu deus, que gênia. O sabonete que veio junto é de canela, eu não sei nem descrever o quão maravilhoso é. Dá pena de lavar a mão e ele terminar. Acho que vou ficar imunda mesmo.

img_3911

img_3910

Agora a moça aqui vai tirar a bunda da cadeira, porque a mini-faxina a espera.

vamo porra – versão paralímpica

Primeiramente, fora temer eu estou nostálgica e triste, porque há um ano, nestes dias, eu estava fazendo uma viagem (realizando sonhos) no velho continente. Este ano não vai ter férias não. Segundamente, que o fim do Jogos Olímpicos ainda dói. Mas acabei de ver a cerimônia de abertura da Paralimpíada e fiquei um pouco melhor, haha.

Meu namorado retornou de viagem e apesar de não gostar de ser a chata das muamba, encomendei: uma bandeja de um amor eterno chamado Hay e o livro Palms da Taschen.

img_3596

img_3686

E eu me exibi no facebook, vou fazer o mesmo aqui. A talentosa Suelen Nunes (a mesma que criou esse vestido lindo que tenho), batizou um macacão (nas cores preta e vermelha) em minha homenagem na Succa <3

macacao_lya_5

Aqui apenas para registrar o momento glamour de três horas de viagem no busão para uma reunião.

img_3777

Alguns dos snaps do instagram.com/lyazumblick. Ambos em casa.

0

Um obrigada aos blogs AzulBanana, A Minimalista, A Life Ordinary e Verso Aleatório por ter citado este que tu lê, no BlogDay (: