você disse ‘comida’?

IMG_4150

Meio que no susto, ficamos sabendo de um evento no Passeio Pedra Branca, O Festival Gastronômico Chefes de Rua. Se nós chegamos lá às 16h e estava lotado daquele jeito, imagino como estava na hora tradicional do almoço. Os restaurantes reuniram de modo mais rápido suas especialidades (para mim, me bastava a batata recheada) e teve reunião também da maior população de cães e crianças por metro quadrado. Espero que aconteça mais vezes! É sempre muito gostoso ir para lá por conta das opções (de comida).

IMG_4151

Tem Frank, tem Guaraná: tá ótimo.

IMG_5144

No momento, aguardamos o The Food Truck Experience, primeiro festival de food trucks do estado. Serão 15 restaurantes reunidos no trapiche da avenida Beira-Mar Norte, aqui em Florianópolis. O evento acontece no dia 22 de novembro, das 12h às 21h.

10409760_902903703070841_117133758921919602_n

Acho que vai dá bom.

desejo sem gravidezes

No meio da bagunça que está o tempo nesta cidade, onde faz chuva e sol e sol e chuva a cada 30 minutos, na sexta à noite fomos em busca de assassinar o desejo que eu estava de comer crepe. Fomos à tradicional De Grau Em Grau, no casarão antigo da Lagoa. Eu adoro comer crepe na escuridão.

Sábado foi dia de corniccioni & pizza. Domingo foi dia de fuscão. E obviamente, comer mais. Desejo do melhor brownie que já comi nesta cidade, e lá fomos nós de novo na FairyLand Cupcake (e a ideia foi dele). Nós vamos lá, mas a última coisa que comemos é cupcake. O fim de tarde estava lindo, assim como a fila de espera. Não tem problema, a gente passa um tempo ali na beirinha da água e depois volta.

Amo estas canelas.

Ainda falta o hambúrguer, caso contrário, nascerá com cara de pão.

homem ao mar

Vocês são fogo, viu? O negócio está aqui, acumulando poeira e vem gente todo dia na esperança de um sinal de vida. E eu sempre darei meus bens, sempre darei.

Permitam-me a(s) metáfora(s), mas o vento de 2014 tem soprado à favor. Só estamos no mês de fevereiro, mas dizem que o começo é bastante complicado. Nada vem de graça, tenham certeza disso. Eu mesma não faço idéia do que virá. Mas para quem nunca achou que poderia comandar o próprio barco, a Capitã Lya tem se esforçado e até então, feliz pelas decisões. Existe uma frase (que ninguém tem certeza de quem é), que diz: Be kind, for everyone you meet is fighting a battle you know nothing about. E na verdade tu só te dá conta disso quando estais em uma.

Mudando de assunto, semana passada fui com amigos conhecer o Passeio Pedra Branca, que fica numa cidade vizinha à Florianópolis. Recomendo conhecer quem puder. Além de encontrá-los, fui por um motivo muito importante: comer.

Lá existe o Bernino – Batata Gourmet. Eu sei que tem essa bobagem de gourmet. Inclusive, acho que frescura e batata não combinam. Mas não fui pelo gourmet. Fui por essa palavra cujo peso no meu coração e na minha vida é enorme: ba-ta-ta. O lugar é muito bonito, és bem atendido e, deus, que batata gigante recheada maravilhosa. Minha próxima meta é levar meu namorado para que eu possa comer de novo.

No PPB também existe uma Brigaderia (gourmet), mas estava fechada quando passamos. Outro lugar que vale a pena visitar é o Tom de Luiza – Livraria e Empório Cultural. Além da livraria, no piso superior existe local para exposição e no térreo, um café.

Advinha quem fez os vários desenhos das vitrines da livraria? Isso mesmo, Japonesa Grávida, que inclusive me acompanhava no dia. Fotografei toda orgulhosa, haha.

E obviamente não dei tanta folga assim para o senhor carteiro nestas últimas semanas.
No Shop2gether comprei mimos para mim e ganhei um sachêt lindo (sério, tive que fotografar, apesar de vocês não poderem sentir o cheiro) da Loungerie.

Pera aí, eu comprei outro sapato? Sim.
Eu tenho vergonha? Sim.
Eu amei? HORRORES.

(vaca)ciones

Eu nem deveria estar escrevendo aqui a esta hora, eu deveria estar dormindo porque a podridão que se encontram meus músculos e minha cabeça nestes últimos dias estão consideráveis. Meu coração foi para São Paulo e o excesso de coisa até fez bem, porque não dava tempo de pensar muito. A saudade sempre fica maior quando a gente sabe que a criatura não está alcançável. Mas tudo bem, esmaguei-o ontem, não o suficiente, mas isto será devidamente compensado.

Então, o bom é que agora algumas imagens vem direto do telefone, com filtro cabuloso. Tá ótimo, tá prático, tá atual. Abaixo, por exemplo, temos:

Lya trabalhando à noite em um projeto que o cliente não sabe o que quer.

Lya de cabelo novo em foto ridiculinha, mas foi o que deu.

Lya saindo para rir um pouco no sábado, mas riu bastante na nova creperia da cidade. La Guirlanda é um espaço pequeno, muito bonitinho (e francês) no Santa Mônica. Serve basicamente galettes (que é o verdadeiro nome do crepe salgado, segundo Françoise) e crepes doces. O que eu comi era ótimo, apesar de solicitar a retirada do champignon, porque não sou adulta o suficiente para encarar uma coisa dessa. Retornarei.

Um aviso importante aos queridos navegantes, é que sairei de férias no fim desta semana (e eu nem acredito). Esta explosão ficará abandonada por duas semanas, mas me acompanhem xingar muito no twitter e postar fotos que todo mundo posta no instagram, pois nestes lugares a chance de comparecer será maior.

E não me abandonem, i’ll be back.

overdoce

Na tarde deste domingo fomos conhecer a FairyLand. Não tivemos problema em conseguir mesa, havia uma disponível na área externa. Mas como tudo que é novidade na cidade vive cheio, em pouco tempo já havia fila de espera. A especialidade são os cupcakes, mas tu encontra várias opções de outros doces e salgados, numa casinha bem bonitinha de frente para o mar. Assim que chegamos, a chuva passou bem por perto.

Pedi a torta FairyLand com adicional de sorvete e veio uma muralha de chocolate que eu não dei nem conta de comer, mas muito gostosa (poderia vir mais sorvete pra poder acompanhar o muro). Pra não sair de lá sem provar o carro-chefe, pedi mini cupcake. Tudo bem fresquinho e recheado.


Como ficamos na área externa, as imagens de dentro da casa foram roubadas por mim.

A FairyLand fica no Caminho dos Açores, e funciona de terça a domingo, das 14h às 20h (: