SENHA 349

Esta vida de muambeira que tenho, me faz conhecer bem as pessoas da agência dos correios que passo a frequentar. Hoje, posso dizer que conheço bem as quatro figuras que me antendem na agência do bairro em que trabalho.

Sendo assim, ao abrirmos a porta, da esquerda para a direita, temos:

Figura 1: O Certinho.
É o único aparentemente normal. Um homem jovem, casado, educado e faz o serviço de postagem bem rápido. Sem graça.

Figura 2: A Velha do TOC (Transtorno Obsessivo dos Correios)
Essa. Não, essa, essa é demais. Eu sempre vou sorrindo em direção à ela, porque sei que ela não sorrirá de volta. A primeira vez que notei a nuvem negra acima de sua cabeça, olhei imediatamente para mão para ver se era divorciada, mas não era (sim, tenho esses pré-conceitos). Ela é absolutamente correta em todos os mínimos procedimentos necessários para o envio da encomenda. Ela reclama de todos (to-dos) os meus pacotes (meu sonho é fotografar para vocês todas as minhas obras de arte feitas com papel A4 e fita adesiva que eu chamo de embalagem). Ela me ensinou que a diferença entre um envelope (que eu entreguei) e um pacote (o que ela queria que eu entregasse) era apenas uma dobra a mais na aba que fecha o envelope. Magnífico. Ela mede tudo, pesa tudo, checa tudo, pergunta tudo. É uma aventura ser atendida por ela e ouvir algum comentário sobre a nova regra imposta pelo correio nacional. É sempre um aprendizado. Te amo.

Figura 3: A Bissa
Mais discreto, notei seu lado feminino apenas pelo modo fino com que fala. Gordinho, um pouco loiro, cabelo com um rabinho de cavalo. Gente boa, me atende simpático e não reclama de nada, com ele tá sempre tudo na paz. Camarada.

Figura 4: O Misterioso
Ele é o único dos quatro que, quando eu pego a senha, eu rezo para que ele não me antenda. Ele me recebe com um sorriso, entrego o pacote e entre as coisas que ele tem que fazer, ele olha pra mim e SORRI. Veja bem, ele está digitando, para, olha para mim e SORRI. Ele está colando o adesivo do PAC, olha para mim e SORRI. Eu juro pelo Senhor Gesus Cristo das Américas que na segunda vez que ele fez isso eu parei de olhar para a criatura, porque não sei como agir. Enquanto ele faz as coisas, eu olho pro teto, eu vejo se eu realmente tenho dez dedos no pé, eu tiro lasca da unha da mão, eu leio sobre os cursos profissionalizantes de Detetive, conto moeda da carteira pela quinta vez, mas nunca, nunca, jamais, olhe para ele. E ele me entrega o papel com o código de rastreio como se estivesse me entregando um lenço para eu enxugar minhas lágrimas. Evito.

E hoje, assim que entrei, a agência estava vazia, todos os quatro atendentes estavam disponíveis. Fui reto, ou seja, no caixa da Figura 1: o Certinho, para não ter erro. Enquanto ele me atendia, segue o diálogo entre os outros três:

A Velha do TOC: Não, mas eu já tenho essa mancha faz muitos anos. Sabe o que aconteceu com as pessoas que eu vi mexer nessas pintas? Virou câncer.

O Misterioso: Mas e a da Angélica?

E sério, A Bissa disse (manézinho sotaque style): Ah, mas a da Angélica não tem pelo. A da guria lá tinha pelo. Ela sofria bullying, sabe? Tinha cabelo na pinta. Fio de cabelo. Sabe, eu queria ser amigo dela, e dizer pra ela: Raxpa isso, menina. Raxpa e faz sabe o que? Uma tatuági de dragão pra tampar.

Aí foi demais.
Aí eu ri na cara do Certinho.
O Certinho ficou extremamente constrangido com a situação e me disse: É cada papo, né? Mas para aliviar a situação, falei a verdade: Fica tranquilo. Eu trabalho com dez mulheres e tu não faz idéia do que a gente fala lá dentro.

Deixe seu comentário

10 comentários

  1. Lara

    É modelo padrão! Só pode. Aqui na agência da esquina de casa são as MESMAS pessoas! @@ ou melhor, não tem a bissa, mas tem um gordinho nervoso-tímido. A Velha do TOC é o Velho do TOC. Mas com o misterioso eu uso o celular #ficadica leio emails, jogo joguinho, chamo alguém o whatsapp e todas as demais funções disponíveis no momento! Já tem até uma amiga minha q qdo ligo/mando msg ela diz “tu tá no correio, né?”

  2. Letícia Giacomin

    hahahaha muito bom! aqui na agência perto de casa tem uma moça nova, ela é hilária, narra tudo que vai fazendo e quando algo dá errado fica xingando o sistema, a régua, a balança, o computador, entre outros itens. Sempre me divirto, mas morro de medo que ela mande meu pacote para Botsuana.

    Aqui foi o tio do Sedex que fez amizade comigo e com meus pais. Sempre mando pra casa dos meus pais o que compro (pq lá sei que vai ter alguém pra receber) e é sempre o mesmo tio que entrega. Qdo ele passa por lá e não tem nada para mim ele diz pra minha mãe que faz tempo que não tem nada pra Dona Letícia e ainda pergunta por mim. hahaha Adoro intimidade dos correios.
    :)

  3. Lara

    O título desse post, posto que hoje é dia 03/09, já tem a data de amanhã. A senha outros serviços tem a data de hj e amanhã. Sim, eu faço comentários em 2 turnos.

  4. julie

    o melhor post dos últimos 10 anos desse blog.

  5. Bruna

    Se o papo era esse, imagina o que não vão pensar da gente… HAHAHAHA

  6. BA MORETTI

    Choray com o lance do TOC e mais ainda com a vibe da conversa que rolou e costuma rolar nesses lugares.

  7. Nina

    Talvez o que eu vá dizer agora não tenha nada em absoluto a ver com o que você escreveu, mas lá vai:
    eu trabalho numa livraria que fica dentro de um shop. center. Tenho só 15 minutos de lanche. Frequento uma Perini que só tem disponível o lanche que eu quero depois que entro no serviço. Quando vou lá para comprar o dito cujo, a menina do caixa insiste em se meter na minha vida e, no fim das contas, pergunta por quê vivo enfezada e apressada. “As outras meninas lá da livraria não são assim como você”. E sabe o que vem depois? Ela sempre erra o valor do produto e tem de cancelar e passar novamente a compra, me atrasando.
    Mas eu sempre me vejo como uma consumidora muito estranha nessa história.
    É, não tem nada a ver contigo. Desculpe.
    Abraços.

  8. Rayana

    saudade desses teus posts, lya. conta mais besteira!

  9. Aline Amorim

    Acabei de conhecer o blog e foi o primeiro post que eu li. Amei.
    Todo texto bem detalhado e interessante.
    Vou deixar o blog aqui nos favoritos. Beijos

  10. Kelly Barros

    Hahaha, ri demais. É cada uma que a gente tem que ouvir né?